Direito do consumidor: saiba como ser transparente e respeitá-los

Direito do consumidor: saiba como ser transparente e respeitá-los

A famosa frase sobre o “freguês ter sempre razão” já foi mais fiel à realidade. Antes havia mais confiança, respeito e moral na relação entre consumidores e vendedores. Atualmente, há uma série de leis que garante o que é dever e direito do consumidor. É o CDC, ou Código de Defesa do Consumidor. No entanto, há diversas interpretações sobre seu uso.

Na maioria das vezes, temos a noção de que o comerciante é quem violou os direitos do público. Contudo, assim como há consumidores bem-intencionados, há também os que usam de tudo para aproveitar-se e obter vantagens. A questão é que atuando dessa maneira, eles podem ferir a reputação do vendedor no mercado. Entenda melhor como tudo isso funciona!

Conheça algumas das principais regras do CDC

Entre as leis mais importantes do Código está a proibição da “venda casada”. Trata-se de situações que obrigam a compra de um produto para que os consumidores possam adquirir um segundo. Ainda que ele não necessite desse outro produto.

Outro ponto importante direito do consumidor é que os clientes devem pagar pelo valor que foi anunciado. No momento em que o consumidor opta por determinada oferta, seus direitos garantem que ele pague o preço divulgado. Não importa se esse foi promovido incorretamente.

Além disso, lembre-se de que propaganda enganosa é crime. Não se pode fazer uma publicidade que ludibria o cliente. Qualquer anúncio cujo objetivo — proposital ou não — seja o de enganá-lo é tida como propaganda enganosa.

Também, é importante saber que os clientes poderão cancelar compras, em ocasiões específicas. Isso vale para um número restrito de situações. Caso a compra seja realizada remotamente, o consumidor poderá se arrepender em até sete dias para pedir o cancelamento.

Veja por que respeitar o direito do consumidor

Não é somente por uma questão de ética profissional e civil que se deve conhecer e respeitar a disciplina consumerista. Com o respaldo do direito do consumidor, as pessoas passam a acreditar mais no fato de que dificilmente serão lesadas em suas relações de consumo.

É válido dizer que os direitos também contemplam o vendedor. Sabemos que não precisa mais que um leve “escorregão” para que os clientes fiquem insatisfeitos e parem de comprar no estabelecimento. A imagem da empresa pode ficar manchada. Assim, o CDC se mostra importante para servir como um norte para as atividades dos negócios de maneira geral. Conhecendo as leis, pode-se vender corretamente e sem preocupações.

Vale lembrar de que essas legislações são baseadas na ideia de que, naturalmente, as relações entre as partes são desiguais. Os comerciantes estariam em posição privilegiada, enquanto os consumidores seriam hipossuficientes. A existência do Código vem a tornar essas relações mais equilibradas.

Entenda o que fazer para respeitar e fidelizar

Então, o que fazer para respeitar o direito do consumidor sem deixar de gerar fidelização? Primeiro, conhecer e passar esses conhecimentos a seus colaboradores, evitando possíveis reclamações. Verifique, antes de qualquer coisa, questões irregulares que possam provocar multas à sua empresa. Elas são altas e ser processado desgasta não apenas seus recursos, mas sua imagem.

Se você puder evitar que eventuais problemas sejam publicados nos canais de reclamações, melhor. Entretanto, procure ao menos praticar bons relacionamentos com o público para que pesquisas e avaliações não prejudiquem seu negócio. Tente assegurar que sua empresa não fique “queimada” em órgãos fundamentados de reclamação, como o Procon.

Não é tão fácil saber lidar com o direito do consumidor e tudo que isso implica. Construir relações benéficas para ambos os lados é sempre o melhor caminho, assim, todo mundo ganha. Seja sempre correto, sincero e transparente com seu público. Desse modo, você multiplica suas chances de fidelização e de manter uma excelente imagem!

E aí, sente-se mais seguro após conhecer os direitos dos consumidores? Para receber mais conteúdos úteis como este, assine a nossa newsletter e fique sempre por dentro.

Sem comentários

Cancelar

Assine conteúdos do mundo sorvete gratuitamente!